Páginas

segunda-feira, 21 de outubro de 2013

Mais uma que começa...


Mais um Domingo que passou e cresce o nervoso miudinho de mais uma semana de trabalho.
Hoje em dia, ter um trabalho é como se fosse um tesouro, pelo menos é o que sinto. Mas ir para o um trabalho que se detesta, não será pior ainda? Quer dizer eu não odeio o trabalho em si, é um trabalho que se puxa pela mente, requer muita concentração 8 horas por dia, 5 dias por semana. Nenhum cérebro aguenta tal pressão, aliado à pressão que qualquer erro que se faça é o mesmo que ir para a rua, aliado ao ver os meus colegas, pessoas com quem eu construí amizades e cumplicidades serem despedidos porque sim, porque tem de ser, custa-me, muito.
Mas o que faria se eu não tivesse trabalho? Faço essa pergunta a mim mesma imensas vezes.
Preciso de trabalho para viver (ou sobreviver). Bateria a todas as portas? Fazia o meu artesanato e iria vender? Ia trabalhar para um McDonalds, ou uma Pizza Hut ou uma Telepizza para meu sustento, por muito pouco que fosse? Ia. Já o fiz antes e faria de novo. Mas enquanto não me despedirem e não me chamarem para outro lado, mantenho me ali, enquanto vou enviando curriculuns para todo o lado que me lembre e ache que vá ser melhor que ali. Mas é um pau de dois bicos. Não me chamam para uma entrevista por eu ainda estar empregada. Querem disponibilidade imediata, coisa que eu sei que não tenho....
Mas sei que não posso continuar assim e por isso continuo a tentar. Tenho de tentar, não?
Cheers :)

Sem comentários:

Enviar um comentário

express yourself! :)

Mais Novidades?

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...