Páginas

terça-feira, 6 de maio de 2014

A caminho do Sim...#5


Ligaram-me da loja onde comprei o vestido... Com a mensagem que o meu vestido tinha chegado.
Perguntaram-me se eu queria marcar a prova.
- ?? Mas a prova já estava marcada desde a compra do vestido. - respondi-lhe.
A rapariga não estava a prestar atenção ao que eu estava a dizer-lhe e notava se que estava bastante distraída com o que se passava na loja, falando com  pessoas à volta ao mesmo tempo que falava comigo, lá folheou a agenda e verificou que sim, estava.
Pedi-lhe, por favor para mudar a hora da prova, pois era muito cedo, para adiar para 1 hora mais tarde.
Recusou veemente. Porque era sábado... De uma forma arrogante, como se eu não tivesse escolha.
Mas que raio? Só são simpáticos quando compramos o vestido?
Fiquei triste e desiludida com o atendimento, pelo menos o telefónico, o tom e a forma que se fala podia ter tornado esta recusa mais suave e não tão desagradável.
Quando fui lá comprar o vestido, senti-me como uma noiva e especial. A D. Eunice foi um amor de pessoa e ajudou-me no que precisei e nas minhas inseguranças....

O que me custa saber é que há lojas assim, que me tratam como "mais uma", e trabalhando no mundo das noivas como eles trabalham, podiam ter mais a consciência do quão especial o dia é para nós. É um dia único na vida e que as noivas gostam de se sentir como se mais ninguém se fosse casar. Que somos especiais. É o meu casamento, caramba, não tenho o direito de me sentir especial e que sou única?

São lojas grandes e com muita gente e talvez seja esse o motivo que tratem as pessoas assim.*
Mas nem todos estão dentro do mesmo saco.
Quero acreditar que não.
*poderia dizer qual a loja ou grupo de lojas, mas não o vou fazer por respeito á maravilhosa vendedora que me vendeu o vestido. Têm sorte em ter uma pessoa assim, mas se tiverem curiosidade mandem mensagem privada que eu direi.
Cheers :)

Sem comentários:

Enviar um comentário

express yourself! :)

Mais Novidades?

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...