Páginas

domingo, 24 de agosto de 2014

Vocação (calma, não vou para freira)


Tenho, para quem não sabe, 33 anos.
E em toda a minha existência consciente nunca soube qual seria a minha vocação. Vocês sabem, aquilo que um dia eu poderia tornar a minha profissão.
Houve uma altura em que quis ser veterinária, mas sabia que não iria estudar com tanto afinco para me tornar numa. No máximo fiz o curso de auxiliar veterinária.
E após isso quis ser enfermeira, mas sabia que ia passar mais tempo a confortar os doentes e não tinha a frieza necessária mas isso não me impediu de, sozinha, me candidatar a faculdade e ser colocada numa. Depois quis ser advogada, mas sabia que não tinha o que era necessário para ser uma. Demasiado coração mole.
No entanto tornei me auto didacta.
Aprendi a trabalhar com o Photoshop, aprendi a fazer bijutaria. Aprendi a maquilhar. A mim e aos outros. 
Tirei um curso em design floral.
Criei então, um blog. Mas nunca fiz dele a minha profissão. Não. Isso esta reservado a um pequeno número de pessoas talentosas. O blog é a minha forma de escape. O meu hobbie e por não ter uma vocação específica fiz dele algo generalista. Eu nunca conseguiria fazer da escrita, profissão. O pior que  me poderiam fazer seria impor sobre o que escrever ou sentir sobre algo, por isso é que tenho alguns períodos em que não escrevo e há alturas em que escrevo dois textos por dia.
Se não sei para que fui feita, ao menos que tenha liberdade para dizer "asneiras" a meu bel-prazer. 
E assim tenho a possibilidade de aprender sempre. E é disso que eu gosto, aprender, coisas novas e criativas. E por isso faço tantas perguntas e tento aprender com o que os outros têm para me ensinar....
Talvez seja essa a minha vocação... Não ser vocacionada para nada em especifico. Será?
Cheers :)

Sem comentários:

Enviar um comentário

express yourself! :)

Mais Novidades?

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...