Páginas

segunda-feira, 26 de janeiro de 2015

Trend-setters...?


Sabem, quando eu criei o meu blog há uns anos atrás, o mundo blogosférico era um tanto ou quanto diferente.

Na altura os blogs não eram tão divulgados e eu realmente segui vários.
Lia-os de fio a pavio.

Hoje os mundo blogosférico assemelha se a uma zona de guerra, no meu ver.
Existe disputa pela notoriedade, pelos seguidores, por parcerias, quezílias mesquinhas que para mim retiraram todo o interesse na leitura dos mesmos.
Poucos são os que se mantêm com o fundo de leitura do antes. Sobre a vida real, sobre sugestões desinteressadas, sobre opiniões sinceras.

Eu não tenho parcerias, nem quero, tão pouco.
Escrevo quando quero, sobre o que quero, e da forma como me dá na real gana.

Sim, já fiz reviews a produtos, admito. Mas sempre, sempre, acerca de produtos que EU comprei, que experimentei e que me agradaram ou não, mas não faço disso o  tema central do blog.

Cada caso é um caso, claro. Há blogs de moda, de maquilhagem, de organização, de artes manuais, de sexo, de fotografia, etc etc etc, mas ou é impressão minha ou cada vez mais se tornam como um espaço de publicidade para as marcas e serviços que pagam aos bloggers quer em dinheiro, quer em outros géneros?

Serão os(as) bloggers os novos trend-setters?
Aqueles a quem as marcas e serviços devem temer?
Aqueles que a quem as marcas devem ter posições de subserviência? Obviamente que me refiro aos blogs com maior importância. Os de menor importância, entristece me ver bloggers a roçar a humilhação para ter parceiras e com isso ter produtos de borla... Ridículo.

Blogs com alma. É disso que eu gosto. escrito por pessoas "livres", que mesmo no meio da sua opinião, está a sua essência,
Textos escritos por assistentes, por press releases, por textos politicamente correctos, não provocam o meu interesse para sequer abrir a página do mesmo.

Ser um pouco "fora da caixa",necessita-se! Não podemos ser todos os dias certinhos, fofinhos e nunca dizer um palavrão.
Ás vezes um "foda-se", também se usa na vida. Então, porque não, mesmo na escrita?

Sejamos mais reais, mais verdadeiros. e acima de tudo, mais humildes, independentemente da importância da página para a qual escrevemos.

Best of love,
Cheers :)
Andy.

Sem comentários:

Enviar um comentário

express yourself! :)

Mais Novidades?

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...