Páginas

domingo, 7 de junho de 2015

Give #2


Para quem não sabe, o Banco Alimentar Contra a Fome esteve a fazer recolha de alimentos nos supermercados.

E por esse motivo quero contar-vos algo que já sabia mas que no Domingo tive a a confirmação.
O B. confessou que tinha saudades de comer frango no churrasco e por tal fui buscar um frango para lhe satisfazer o desejo. Pelo caminho lembrei me de comprar Coca-Cola para acompanhar e por isso fui ao Pingo Doce para a comprar.
À minha frente seguia uma senhora saída do seu BMW reluzente, último modelo.
Entrou no supermercado à minha frente e a jovem voluntária estendeu-lhe um saco com um enorme sorriso e perguntou se poderia contribuir. Foi agraciada com um não. Olhou para mim nas minhas calças de fato treino e t-shirt e hesitou em fazer me a mesma pergunta. Pedi-lhe o saco.
Levava comigo o pequeno porta-moedas que a minha mãe me deu, comprado em uma qualquer feira deste país. Contei os troquinhos que trazia. Sabia que trazia o suficiente para a Cola, mas não tinha a certeza se tinha para mais.
Contei os meus trocos e comprei duas embalagens de massa. 0.50€ cada uma.
A senhora endinheirada não deu nada. Nem um mísero pacote de massa.

Eu não sei qual o destino de toda aqueles géneros alimentícios, se chega ou não ás verdadeiras pessoas que deles necessitam, mas quero acreditar que sim. Não sabemos o dia da amanhã. Hoje precisam eles, amanhã (gesto de bater na madeira), posso precisar eu. E se tenho a sorte de ter mais um pouco que o meu próximo, porque não ajudar a melhorar a condição do mesmo? Mesmo que seja com um pacote de massa?

E tive a confirmação que aqueles que menos têm, por vezes são os mais ajudam e partilham.

Sejam generosos dentro das vossas possibilidades, vão ver que não dói nada.

Cheers :)
Andy.

Sem comentários:

Enviar um comentário

express yourself! :)

Mais Novidades?

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...